quinta-feira, 24 de março de 2016

STK405-XXX - módulo híbrido

A seguir o diagrama interno de um exemplar da família do STK405-XXX, os mais corriqueiro que trabalhei, fora os 405-090 e 405-120A e nos mais diversos formatos de montagem de superfície, aos quais deram para chegar a um denominador comum e além do mais com componentes comuns.
 Um exemplo clássico dos genéricos, utilizando darlingtons TIP122 e 127, muito utilizado nos módulos com o código 090A e 100A

 Exemplo do amplificador completo final, bem simples, mas funcional.
Este já é um diagrama interno de um módulo STK405-090A e STK405-100.


Amplificador completo final, sendo como base o módulo STK405-120A, notem que todos os componentes trabalham bem próximos de seus limites, porém melhorias não são viáveis pelo resultado final, vale mais a pena utilizar uma tensão recomendada pelo fabricante, sendo uma potencia menor, e não torrar o módulo, puxando o máximo dele.

Os modelos acima são reproduções dos arranjos internos do fabricante, tanto do original como do paralelo, todos os módulos dissecados funcionaram bem antes de partirem dessa para melhor.

Já o diagrama final, é soma do interno com a sugestão básica do fabricante do módulo, foram testadas em emulador e se portaram bem dentro das especificações de alimentação e carga, mas montá-la como um amplificador transistorizado, não valha o custo pelo tamanho final da placa, sem falar que muitos irão condenar o arranjo, tanto na topologia utilizada e outras simplificações, mas fica ai a sugestão para quem quiser brincar um pouco com módulos amplificadores híbridos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário